Como comprovamos União Estável para o CIC

UniaoEstavel

Paula Mello

Analista de Projetos de TI, formada em Analise de Sistemas e Publicidade, técnica em Meio Ambiente, estudante por curiosidade eterna, cervejeira por amor ao hobby, louca por fotografia, dança, livros, chocolate, viagens, virar a mesa, se perder pra depois se reencontrar, diferente, de novo.

Você pode gostar de...

25 Respostas

  1. Renata disse:

    Paula! Tudo bem!? Adorei o post, muito útil! Tenho um dúvida, essa declaração união canadense reconhecida em cartório é aqui feita e assinada aqui no Brasil também ne? Em qualquer cartório? Muito obrigada!

    • Paula Mello disse:

      Oi Renata!

      Isso mesmo, basta imprimir a declaração canadense, preencher, e levar sem assinatura a um cartório onde você e cônjuge tenham firma reconhecida. Lá, as duas pessoas assinam em frente ao notário, reconhecem a firma, e depois pedem a ele para assinar também. Geralmente faz parte do reconhecimento de firma um selo com a assinatura do notário. Indicamos isso na nossa carta de explicação e bastou para nós.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! =)

  2. Renata disse:

    Paula! Tudo bem!? Muito obrigada pela resposta!! Ajudou bastante!!
    Posso aproveitar e fazer mais uma pergunta? À declaração de união estável aqui do Brasil mesmo, você tinha a particular (que vc mesmo escreveu e reconheceu firma) ou a pública (que faz no cartório e custa uns R$ 320,00)?
    Obrigada novamente!! Um abraço!

  3. Elson disse:

    Boa noite Paula,

    Eu e minha noiva iremos dar entrada no express entry daqui a alguns meses. Não moramos juntos no Brasil mas por incrível que pareça já moramos juntos no Canada haha. Fizemos um intercâmbio em 2014/2015 e moramos no mesmo endereço lá. Já estamos namorando há 9 anos. Minha dúvida é se posso escrever alguma “carta de explicação” e enviar junto aos documentos. Obrigado pela atenção.

    • Paula Mello disse:

      Oi Elson,

      Então, seu caso é complicado. Não sou nenhuma profissional, mas acredito que pra ser reconhecida a união estável no Canadá o casal precisa estar morando junto “há pelo menos 12 meses”, ou seja, ter morado junto por 12 meses e estar separado atualmente não contaria. Até porque, pra comprovar, tivemos que mandar contas atuais no mesmo endereço, contrato de aluguel, conta conjunta… acho que não aceitariam. Só o casamento é mais garantido, mas ainda assim, se tiver menos de dois anos pode gerar problemas pra comprovar (não é regra).

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser =)

      Obrigada

  4. Mariana disse:

    Oi Paula. A conta conjunta no banco, precisa mesmo? Obrigada! 🙂

    • Paula Mello disse:

      Oi Mariana!

      Não é a única forma de provar mas, certamente, uma das melhores hehehe
      O principal é morarem no mesmo endereço há pelo menos um ano.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

  5. Nicolas disse:

    Paula, tudo bem? Voces enviaram o PDF para quem e por onde? Fiquei nessa duvida.

    • Paula Mello disse:

      Oi Nicolas!

      Estes documentos somente são necessários após o recebimento do ITA. Temos que enviar ao CIC por meio do MyCic, o sistema deles… Fique tranquilo que tem uma área específica para cada parte do processo com dicas de que documentos colocar no sistema.

      Obrigada por vir e volte sempre! 🙂

  6. LiLi disse:

    Oi Paula, boa noite tudo bem? Deixa eu pegar uma opinião de vocês?
    Eu e meu marido temos união estável desde jun/2013.
    O que acha melhor? Casar agora para evitar a burocracia da papelada mas provando que temos união estável desde 2013 ou não casar e fazer como vocês fizeram comprovando o endereço conjunto?

    Aproveito para dizer que o site de vocês é demais!!!! Continuem postando pois ajuda muuuuuito!

    • Paula Mello disse:

      Obrigada, Lili!

      Se vocês não têm vontade de casar ainda, não vejo vantagem. Ela só existe pra casais casados há pelo menos um ano antes de aplicar, de outro modo o mais seguro é sempre mandar a comprovação. E se vocês já vão mandar a comprovação, não vão conseguir fugir da burocracia hehehe

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser!

  7. Julia disse:

    Oi, Paula, boa tarde.

    Muito obrigada pelas informações, foram muitos úteis. Você me indicaria algum modelo para essa carta da imobiliária para comprovar que moramos em tal residência? Pedimos uma a nossa, mas eles não sabem por onde começar, rs.

    Obrigada.

    • Paula Mello disse:

      OI Julia!

      Nós mesmos escrevemos a nossa quando a imobiliária não soube o que fazer hehehe.
      Eles aprovaram e assinaram. Não tem um modelo pronto, mas é basicamente colocar todas as informações do contrato (nome e cnpj da imobiliaria, nome de vcs, valor, endereço etc) e, o mais importante, há quanto tempo moram lá. Isso deve bastar, bastou pra nós. =)

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser!

  8. Fabio disse:

    Cara Paula, boa tarde…
    Muito importante estas informações que vocês postaram. Estamos passando por isso agora, e seu blog vem nos auxiliando de inúmeras formas.
    Gostaria de uma informação, por gentileza.
    a) A etiqueta que “reconhece firma” é em português, você traduziu o documento apenas para traduzir a etiqueta, ou não é necessário?
    b) E quanto aos comprovantes de residência, utilizaste apenas a parte da carta que diz o nome e o endereço (como se fosse a carta fechada)? Você traduziu os comprovantes de residência?

    Muito obrigado…

    • Paula Mello disse:

      Boa tarde Fabio!

      Muito bom saber que estamos ajudando e muito bom saber que já estão nessa fase. A partir de agora, a chance é real. =)
      Não traduzimos o selo e nem as correspondências. Apenas digitalizamos e destacamos o endereço e os nomes pra mostrar que recebemos correspondências nos mesmos endereços ao longo do tempo.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser =)

  9. Legal ver outro casal de TI passando pelo mesmo processo.
    Essa declaração de união estável canadense vcs fizeram onde? Num cartório nacional mesmo?

    • Paula Mello disse:

      Oi Peter,

      Isso. Preenchemos e imprimimos o documento e levamos num cartório onde tínhamos firma. Assinamos em frente ao notário e reconhecemos a firma lá mesmo. No adesivo de reconhecimento estava a assinatura dele, o que foi bom porque ele não quis assinar no espaço do formulário.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

  10. jacqueline thompson disse:

    Olá Paula,
    Eu e meu marido (companheiro na verdade) já estamos juntos há 11 anos e temos uma filha de 7 anos. Mês passado viemos morar na casa dos meus sogros para economizar a grana. A nossa idéia seria de casar no civil esse ano para aplicar no Express Entry no fim do ano ou janeiro de 2018, você acha que eles podem encrencar com alguma coisa? Será que o fato de termos uma filha já não seria mais do que suficiente para comprovar a relação? Ah sim já temos conta conjunta há uns 2 ou 3 anos, mas agora só a conta de celular é que vem no nosso nome, o resto é no nome dos meus sogros.

    • Paula Mello disse:

      Oi Jacqueline! Com filho e conta conjunta, não tem muita dúvida não hehehehe
      Nem sei se vcs precisam casar só pra isso. No nosso caso, preenchemos a União Estável canadense (um formulário que o CIC disponibiliza) e mandamos documentos comprovando conta conjunta, contas no mesmo endereço e tal… Não teve problemas. Boa sorte e obrigada pela visita! 🙂

  11. Edibueno disse:

    Oi Paula! Boa noite, tudo bem?! To adorando ler tudo.
    Tenho muitas dúvidas. Eu moro com meu namorado a uns 3 anos, mas só tenho o contrato da casa no nosso nome e nem é por imobiliária. A conta de luz é apenas no meu nome e não temos conta conjunta. Faziamos faculdade no mesmo lugar. Nesse caso eu conseguiria comprovar só com o contrato da casa?
    A e outra dúvida, ele está indo como turista pro Canadá e vai tentar colegge la, so vou poder ir depois que ele conseguir o college e eu conseguir permissão. Essa declaraçao de união canadense, devemos fazer antes dele viajar e usar so quando ele coconseguir o college? Pq ele não vai estar aqui para assinar.
    Obrigada e desculpa esse tanto de pergunta!! 🙂

    • Paula Mello disse:

      Oi Edi,

      Então… eu faria união estável canadense antes dele ir. E vocês podem juntar a comprovação da casa sim, consegue uma carta da pessoa que aluga pra vocês com as condições do aluguel e os nomes de vocês e há quanto tempo está alugada, como fizemos.

      Obrigada pla visita e boa sorte! 🙂

  12. Edibueno disse:

    Obrigada por responder. Fizemos a união estável aqui. Fizemos a declaraçao de uniao estavel canadense no cartório tbm. Mas tenho uma dúvida. O notário nao quis assinar na parte da frente, assinou atras na etiqueta de autenticaçao e carimbaram com assinatura tbm. Ela falou que assim valeria. Que a frente não poderia assinar. Sera que vão aceitar dessa forma? 🙁

    • Paula Mello disse:

      Edibueno, acho que vão sim.

      Digitalize os dois lados do documento e coloque na carta de explicação, só por precaução, e deve dar certo.

      Boa sorte 🙂

  13. Bianca disse:

    Olá!

    Muito obrigada pelas infos do blog, ajudam muito! Eu tenho uma dúvida meio burra rsrs..
    No form da união estável canadense, o que vocês preencheram no campo “continous years from … to ….” ? O “from” é beleza, data que iniciaram a união mas e o to?
    Se eu ainda estou na união deixo em branco ou coloco a data da assinatura?

    Super obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *