Nossa primeira experiência com banco e crédito no Canadá

credit-card-machine-1776539_1920

Paula Mello

Analista de Projetos de TI, formada em Analise de Sistemas e Publicidade, técnica em Meio Ambiente, estudante por curiosidade eterna, cervejeira por amor ao hobby, louca por fotografia, dança, livros, chocolate, viagens, virar a mesa, se perder pra depois se reencontrar, diferente, de novo.

Você pode gostar de...

12 Respostas

  1. Lele disse:

    Muito bom post! E quem chega como estudante e n ao vai trabalhar logo de cara? Ai n tem jeito ne? A opção é fazer o cartão com o limite bem baixo…

    • Paula Mello disse:

      Então Lele…

      Temos amigos que estão aqui estudando e o que vemos é que o trabalho full time é o que faz mais diferença. Ter um visto de residência permanente pode encurtar o tempo pra receber crédito, ou seja, o banco vai “confiar” que você estará por aqui pra pagar pelo crédito que recebeu ou que você será mais facilmente rastreável se não estiver. Sem estar trabalhando, realmente é complicado, porque o banco está sempre interessado em saber se você terá como pagar pelo crédito que recebeu. Aí a saída é fazer um cartão com limite baixo mesmo ou um cartão “segurado” (você deixa preso no banco o valor referente ao limite).

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser =)

  2. Rômulo disse:

    Ótimo post! Como sempre. Obrigado! =]

  3. Thais Ramos disse:

    Ótimo post! Aguardando os próximos! 🙂

  4. Aluisio disse:

    Olá Casal! Parabéns pelo blog! Sou leitor recém chegado e já vi que se trata de conteúdo de qualidade e atualizado. Espero poder “participar” das discussões aqui de maneira produtiva. Estamos um pouco mais atrasados, mas já estamos engatinhando no processo. Gostria de saber se vocês chegaram a avaliar a possibilidade de “exportar” seu histórico de crédito. Li relatos na internet de que isso seria possível na bandeira amex, estou fazendo bom uso do meu no Brasil tendo isso em vista, mas não sei se na prática funcionará tão bem assim… anyways, que bom que conseguiram! Sucesso!

    • Paula Mello disse:

      Oi Aluisio!

      Infelizmente, não sabemos. Nunca tivemos Amex. Mas sei que na época que o HSBC ainda funcionava no Brasil, dava pra exportar o histórico de crédito abrindo uma conta no HSBC do Canadá sim. Mas era um banco, com bandeira de cartão não sei como seria…

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

  5. Lais disse:

    Que post e blog maravilhosos!!!!!! Parabéns!!! Encontrei recentemente e devorei a leitura em poucos dias. Meu marido e eu recebemos o ITA há 1 semana e estamos na loucura de reunir a documentação necessária. E expectativa é chegar na mesma época do ano que vocês, em Toronto também, então todas as informações são muito ricas pra gente!!! Obrigada por compartilharem. Vocês pretendem fazer posts sobre a) onde compras as roupas de inverno na chegada; b) busca da casa definitiva e as opções e bairros que consideraram?; c) como estão fizeram (ou estão fazendo) pra transferir o dinheiro de vocês? 🙂

    • Paula Mello disse:

      Oi Lais!

      Obrigada, que bom saber que estamos ajudando! É pra isso que o blog existe e é o que nos faz mais felizes. Esses itens estão na lista sim. Quanto à transferência de dinheiro, acho que não temos assunto pra um post inteiro… Trouxemos em dinheiro mesmo o suficiente pros primeiros dois meses aqui e depois estamos fazendo Transferwise mês a mês.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *