Por que Toronto?

pq_toronto

Paula Mello

Analista de Projetos de TI, formada em Analise de Sistemas e Publicidade, técnica em Meio Ambiente, estudante por curiosidade eterna, cervejeira por amor ao hobby, louca por fotografia, dança, livros, chocolate, viagens, virar a mesa, se perder pra depois se reencontrar, diferente, de novo.

Você pode gostar de...

11 Respostas

  1. taise disse:

    Paula, Parabéns pelo lindo texto!
    Também compartilho deste teu sentimento de deixar o Brasil e aguardamos o processo para Québec.
    Um abraço!!!

    • Paula Mello disse:

      Obrigada, taise! Que bom que gostou… =)

      Essa ansiedade é que mata… rsrsrsrs
      Mas é um bom tempo pra gente refletir também.

      Apareça sempre que quiser, volta e meia tem texto novo! Abração!

  2. Opa, como vai?

    Admirei muito este site.

    Beijos!

    ShameOnYou no http://www.shameonyoublogueira.com/intelimax-iq

  3. Damille disse:

    Paula, adorei o texto, vc relatou todos os problemas que me revoltam e me motivam a querer sair daqui. Pagamos tantos impostos e não temos uma vida digna…é revoltante!

    Nós fizemos a viagem exploratória e foi fascinante como no Canadá as coisas funcionam, como as pessoas simplesmente vivem, tem seus problemas, mas são tão mínimos para nós que já vivemos nesse caos que está o Brasil, não é mesmo? A visita exploratória foi fundamental para convencer o meu marido que todo o sacrifício valeria a pena. Ele ficou encantado! Eu? Já estava apaixonada antes de ir…só pelas pesquisas já caí de amores pelo Canadá. Toronto com toda aquela multiculturalidade e respeito ao próximo ganhou minha admiração para sempre e vou lutar todos os dias para tornar o nosso sonho real…

    Saudades dos posts de vcs.

    Apareçam!

    • Paula Mello disse:

      É Damille, está complicado viver no Brasil… Ontem me deparei com um aumento absurdo nos valores de remédios… No meio dessa crise e com o SUS do jeito que está, as pessoas recorrendo a clínicas particulares e tendo que pagar remédios cada dia mais caros. Estou cansada!

      Mas que bom que gostaram! É importante ver de perto o local pelo qual estamos fazendo essa maluquice de deixar a vida pra trás… rsrsrsrsrs
      Com fé, foco e força de vontade, vamos chegar lá! Torcendo por vocês! =)

  4. Torontonian disse:

    Perfeito seu texto! Me identifiquei demais com seu relato. E olha que moro no ES, um estado beeem mais pacato que o RJ. Eu ainda nao conheco Toronto, espero que isto mude ainda em 2016…ou melhor que eu e meu marido mudemos pra la, com nosso PR em maos! Um verdadeiro sonho msm poder parar para apreciar a vida sem pressa e sem medo, num lugar onde as pessoas realmente valorizam o que importa. #DreamingAlready

  5. MrsPEng disse:

    Paula, estou apaixonada pelo seu blog, torcendo muito por vocês! Compartilho com sua visão, difícil perder a crença na capacidade de seu país em mudar… mas graças a Deus e muita perseverança podemos mudar nossos destinos e viver uma longa e feliz vida!
    Vamos que vamos!

  6. Paula Mello disse:

    Obrigada pelo carinho, MrsPEng!

    É o que dizem: os incomodados, que se mudem! rsrsrs

    Volte sempre que quiser! =)

  7. Najib disse:

    Nossa Paula que sensibilidade com as palavras. Muito bacana essa perspectiva fazendo refletir realmente no que te motiva de positivo em deixar tudo que você construiu durante uma vida e tentar viver uma outra cultura, com realidade diferente.

    acredito que só pelo fato de você conseguir dormir e acordar sem ter aquela preocupação constante de violência, instabilidade econômica, garantia de uma velhice digna, acho que já vale muito muito.
    abraço !

    • Paula Mello disse:

      Com certeza vale, Najib. É difícil tentar explicar em palavras o que sentimos, tentar fazer com que as pessoas ao nosso redor que nunca passaram por essa experiência de imigrar, e mesmo que nem tem vontade de passar, entendam o que passa na nossa cabeça.

      Que bom que gostou. Obrigada pela visita! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *