Preenchendo o perfil no MyCic – nossa experiência

Perfil_MyCIC_criar

Paula Mello

Analista de Projetos de TI, formada em Analise de Sistemas e Publicidade, técnica em Meio Ambiente, estudante por curiosidade eterna, cervejeira por amor ao hobby, louca por fotografia, dança, livros, chocolate, viagens, virar a mesa, se perder pra depois se reencontrar, diferente, de novo.

Você pode gostar de...

7 Respostas

  1. Casal 20 disse:

    Muito obrigada pelo post com dicas tão preciosas, Paulinha!!
    Irá nos ajudar muito nesta, que é a nossa próxima etapa, a criação do nosso perfil no CIC.

    Olhando assim parece até que é simples rsss

    Beijão e Keep it up!

  2. Karine disse:

    Olha eu aqui incomodando de novo hahaha
    Meu marido só vai terminar a pós dele em maio/2017 mas eu termino meu mestrado agora em setembro. Queria fazer somente a minha equivalência e aplicar pro EE em dezembro ou janeiro. No caso de optar por esse caminho, a pontuação de escolaridade do cônjuge seria zero? Você fez assim?
    Sobre a experiência de trabalho, de acordo com o site do CIC, três anos ou mais de experiência te dá pontuação máxima, mas ali no texto você diz que pontua até 6 anos. Pode me explicar isso?
    Obrigada, ótimo post como sempre 🙂

    • Paula Mello disse:

      Obrigada, Karine!

      Claro que não incomoda, gosto de ajudar sempre que consigo…hehe
      Então… No nosso caso, meu marido terminou a faculdade mas ainda não apresentou o TCC. Então a pontuação dele nesse quesito foi 0 mesmo. Colocamos no sistema que ele gtem faculdade, mas não está terminada. É importante colocar as infos certinhas, pq isso fica no histórico de PR dele caso sejamos aprovados. O sistema mesmo faz os calculos e conta como 0 por ele não ter terminado ainda.
      Você pode adiantar a equivalencia do seu mestrado e aplicar sim. A equivalência do estudo do conjuge não é obrigatória. Mas eu validaria a faculdade dele, pra ter mais pontos e pro histórico de PR dele ficar certinho.
      A pontuação máxima no EE são 3 anos, mas os 6 anos pontuam o máximo para o critério do FSW. Antes de entrar no Pool, você tem que ter pontos suficientes (pelo menos 67) nos critérios do FSW. Por isso 6 anos.

      Obrigada pela visita! Volte sempre! 🙂

  3. Marcos Aurélio Poerner disse:

    Olá Paula e Rafael,

    Eu e minha namorada estamos iniciando nosso “Plano Canadá” e o blog de vocês está sendo absurdamente útil, Muito Obrigado!

    Uma dúvida a respeito do meu emprego no Brasil e a sua classificação NOC.
    Estou cursando engenharia mecânica e trabalho como técnico em uma empresa de Engenharia, assim que eu concluir a minha graduação, iniciarei o processo de equivalência do meu diploma e vou criar a minha conta no CIC. Percebi que a descrição da NOC B é a dada abaixo no site da CIC, e no meu entendimento o cargo técnico no qual atuo pode ser enquadrado, o que me proporcionaria os 6 anos de experiência em um emprego NOC B.

    ” Skill Level B — technical jobs and skilled trades. People usually need a college diploma or to train as an apprentice to do these jobs. examples: chefs, electricians, plumbers”

    Você consegue me ajudar nesta interpretação?

    Abraços !!

    • Paula Mello disse:

      Olá Marcos,

      Infelizmente, só quem pode opinar nesse tipo de questão de enquadramento de NOC e análise de perfil em geral é um consultor de imigração com registro no Canadá. Caso contrário, é crime. Isso é tratado com muita seriedade aqui. O que posso te dizer é o que eu fiz e como foi minha experiência: observei bem a descrição do NOC e me classifiquei onde melhor se encaixava com minha profissão. E claro, a carta comprobatória vai ter que conter a descrição das suas atividades e elas devem bater com o NOC. É uma questão mais de bom senso mesmo, se você leu bastante sobre o assunte e esse NOC te parece o mais adequado, vai fundo. Até porque, quando pedimos vista do nosso processo pra saber como estava indo, lemos nas anotações que o meu NOC foi classificado como A e só. Ou seja, acaba que eles vão olhar se o teu emprego é qualificado e isso que importa pra eles.

      Boa sorte no processo! Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! =)

  4. Lissa disse:

    Olá, Paula! Primeiramente parabéns e muito obrigada pelo seu blog. Que pena que não têm postado tanto, seus posts não mt bons, mas compreendo. Bom, fiquei com duas dúvidas. Estou mais ou menos na mesma situação com relação a “date you first became qualified…”. A questão é que o meu NOC diz que exige bacharel. No entanto, no Brasil, professor de ESL não precisa ter o diploma. Estou pensando em fazer como vc e colocar a data que iniciei o trabalho e fazer uma LoE… Em segundo lugar, não consideramos experiência profissional do meu marido, nem histórico escolar para entrar no Pool. Entretanto, após o ITA, na segunda etapa do questionário ele pede pra escrever o study e work history dele. Penso que não posso colocar nada, sendo que ele trabalha, apesar de isso não contar na nossa pontuação. A partir do momento que coloco, na lista de documentos pedem a letter do empregador dele e diplomas. Tenho lido em todos os lugares que isso seria opcional para o cônjuge, mas aparece na minha lista como required… Eu não deveria descrevê-los na primeira página de informações? Fiquei confusa. Muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *