WES – Como equivaler sua educação no Canadá

WES

Paula Mello

Analista de Projetos de TI, formada em Analise de Sistemas e Publicidade, técnica em Meio Ambiente, estudante por curiosidade eterna, cervejeira por amor ao hobby, louca por fotografia, dança, livros, chocolate, viagens, virar a mesa, se perder pra depois se reencontrar, diferente, de novo.

Você pode gostar de...

129 Respostas

  1. Damille disse:

    Oba, 2 posts no mesmo dia!! Estava com saudades dos posts de vcs =)
    Paula, estava ansiosa por este post pois fazer o ECA é a minha próxima etapa. Estou aguardando o meu histórico da pós tb. Quando vc concluiu a pós recebeu junto com o diploma uma via do histórico? Eu não recebi e tb estão querendo me cobrar R$ 39 por ele! Como não tenho nenhum não tenho nem como seguir sua dica da cópia colorida =/
    Muito obrigada pelo relato super detalhado, vai ajudar demais!!
    PS: Poderia me dizer qual empresa vcs usaram para fazer as traduções para eu pedir mais um orçamento? Tô colecionando!! Hahahaha É muito grande a diferença entre essas empresas

    • Paula Mello disse:

      Damille, obrigada pelos comentários, ficamos super felizes em saber que o conteúdo está ajudando alguém! =)

      Recebi sim uma via do histórico junto com o diploma, isso facilitou um pouco as coisas. No seu caso, se pelo menos eles não levarem dois meses pra emitir o histórico já é uma coisa boa, hehe.
      Para traduções, usamos primeiro a Litero e depois a GPT Primacy, as duas do Rio. A GPT tem preços mais competitivos e as duas possuem um serviço impecável, recomendo.

      Continue por aqui, tem mais post previsto pra sair! 😉

  2. Karine disse:

    Olá Paula, muito bom o seu post! Eu ao fiquei com uma dúvida, se puder me esclarecer eu agradeço. Eu sou formada em química e faço mestrado em saneamento ambiental. Mas minha graduação é muito mais importante pra mim porque é a área que quero atuar no Canadá. Você comentou que eles consideram o título maior, no meu caso não teria menção a graduação? Ou consta ambos?

    • Paula Mello disse:

      Olá Karine, obrigada! 🙂
      Até onde sei, constarão os que você enviar. O fato de que só sua educação de mais alto nível precisa ser enviada indica que é opcional enviar as outras. Mas acredito que se você optar por enviar também sua graduação, será avaliada e incluída em seu report. Isso é o que eu acredito, ok?
      By the way, a área ambiental é muito legal pra trabalhar em Vancouver. 🙂

      Dê uma passadinha aqui quando quiser, virão mais posts!

  3. Roger disse:

    Muito detalhado. Já favoritei o post para usar no futuro (se tudo der certo).
    Acho que é o primeiro blog que vejo alguém aplicando para o express entry..
    Normalmente só passam informação e eu fico meio com pé atrás.

    Vocês estão fazendo tudo por conta?

    Abraços e sucesso!

    • Paula Mello disse:

      Obrigada, Roger!

      Estamos aplicando por conta sim, mas não “sozinhos”, rs.

      Usamos duas sessões para tirar dúvidas individuais com a Immi Canada, bem como uma série de Hangouts, Podcasts, fóruns no Brasil e no exterior, comunidades online, o site do próprio CIC, e mais um monte de informação que tem por aí e pessoas dispostas a ajudar. 🙂

      Continue por aqui, teremos mais conteúdo em breve!

      • Roger disse:

        Ah mas já da um incentivo.
        Estou acompanhando os mesmos meios q vcs mas não tinha conhecido alguém q tivesse imigrado pelo EE ainda.

        Adoraria iniciar o processo. Mas não tenho como comprovar esses CAD 15k no fim de tudo.

        Vou continuar acompanhando as informações.

        Obrigado

  4. Sergio disse:

    Olá Paula. legal o seu post, bem esclarecedor. Fiquei com algumas dúvidas.

    Você disse “Além disso, aqui vai o pulo do gato: eu mesma escrevi uma cópia do histórico em inglês, formatado como na Universidade, caso ele topasse carimbar e assinar”, a tradução não tem de ser a juramentada?

    Outra coisa, você disse que um título maior suprime o outro, por exemplo, se tenho mestrado, não preciso equivaler a graduação. Porém para ganhar os 50 pontos extras no EE por dois diplomas, não precisaria equivaler a graduação para ter dois diplomas? Ou equivalendo o mestrado, a graduação já fica subentendida?

    • Paula Mello disse:

      Olá Sergio, obrigada! 🙂

      Então, a WES dá duas opções: ou a Universidade fornece o histórico já em inglês ou fornece em outra língua e o aluno envia a tradução juramentada. No meu caso, como a Universidade reconheceu minha via ela se tornou o histórico oficial.

      Você pode equivaler até três diplomas na WES, quais queira. A questão é que, se você já tem mestrado, não é obrigatório mandar a graduação, mas pode mandar se quiser. Agora, se não me engano, os 50 pontos extras valem também pra quem tem mestrado ou doutorado, inclusive acho que o mestrado dá mais pontos que duas graduações.

      Depois simula sua situação aqui nessa ferramenta pra ter certeza: http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/crs-tool.asp.

      Apareça mais vezes! Vai ter sempre alguma coisa nova no blog! 🙂

      • Sergio disse:

        Obrigado pela resposta, Paula.

        Bom saber essa do histórico em inglês, já economiza uma grana.

        Essa questão da equivalência é o que tenho mais dúvida. Porque minha graduação foi tecnólogo de dois anos e meio e estou terminando o mestrado. Nas regras do EE, um dos dois diplomas tem de ser de no mínimo 3 anos para receber os 50 pontos extras. Logo eu não me encaixaria, porém quando simulo justamento no site que você me passou, colocando como mestrado o meu maior título, eu recebo os 50 pontos. É como se assumisse que toda graduação é no mínimo 3 anos. Sabe? Acho que so vou saber isso quando fizer meu perfil no EE.

        Aparecerei sim, vi outros post antigos e achei muita informação interessante.

        Abraço.

  5. Natana disse:

    Ola, muito bom o seu post.
    Gostaria de tirar uma dúvida, ainda estou em fase de recolher todos os documentos para a seleção Quebec.
    Eu sou formada em sistemas da informação, no caso a equivalência é somente no processo federal?

    Desde já agradeço.

    • Paula Mello disse:

      Obrigada! =)

      Conhecemos quase nada sobre o processo de Quebec, porque ele é totalmente diferente do Federal. Acredito, e isso é apenas uma opinião, que se você fizer a equivalência ganha mais pontos no de Quebec, além de ser necessário pro federal.

  6. Marinah disse:

    OI. Estou adorando os seus post!! Vem ajudando muito. Tive uma duvida. Onde vc conseguiu ver a forma que deve ser lacrado o envelope pela faculdade? Tentei achar e não consegui. Será que teria problema enviar todos os envelopes em um terceiro envelope ? obrigada. E sucesso pra vcs!

    • Paula Mello disse:

      Obrigada! =)

      Depois de muito pesquisar, lembro que caí nessa página do site deles, mas infelizmente não salvei o link. =/
      Eu fiz exatamente isso, juntei todos os envelopes em um, mas como enviei por Fedex, esse um já era o da Fedex mesmo.

      • Marinah disse:

        Bom saber! Então vou arriscar mandar tudo em um envelope só. No caso estou mandando documentos meu e do marido também. (abri 2 processos na WES) será que tem problema mandar todos os envelopes juntos? ou melhor mesmo mandar os nossos papeis separados?

        • Paula Mello disse:

          Huuuum, no caso de serem dois processos diferentes. não sei dizer. Acho que os envelopes necessariamente precisam estar separados, mas não sei se tem problema o envio ser o mesmo. Acredito que, se estiverem bem separados e selados, não tenha problema. Mas talvez o melhor seja tentar ligar ou mandar email pra WES pra perguntar.

  7. Fred disse:

    Boa Tarde.
    Estou começando a correr atrás das universidades para pegar os documentos, e me surgiu uma duvida (que em cada lugar vi uma informação diferente).
    Em relação ao histórico. (Imaginando que a Universidade só emita em PT), a tradução juramentada tem que ir DENTRO do envelope lacrado da Universidade ou pode ir fora (Com os outros documentos meus?).
    Pergunto, pois é isso que eu entendi (http://www.wes.org/ca/required/brazil.asp), porém já vi casos que pessoas falaram que a tradução tinha que ir no envelope da Universidade.

    Pelo que entendi no seu caso, 1 envelope já foi com o historico em ENG, e o outro foi com o historico em PT, e vc colocou por fora a tradução correto?
    Abraços
    Fred

    • Paula Mello disse:

      Exato, Fred.

      Na dúvida, confie sempre na fonte oficial. Toda essa troca de informação é muito boa, mas as vezes gera ruído.
      O envelope do histórico, pressupõe-se que será emitido e lacrado pela faculdade. Como você poderia traduzir o histórico antes dele ser emitido, pra colocar tudo junto? Acho que ficaria até estranho pra quem está analisando…
      Resumindo, o histórico em português lacrado pela faculdade e a tradução (fiz juramentada porque já ia precisar depois pro EE) num envelope separado, com seu nome como remetente, junto com cópia do diploma.

      Obrigada pela visita ao blog e continue por aqui! Hoje mesmo tem conteúdo novo =)

  8. Mariana disse:

    Oi Paula,
    De quantas horas foi seu curso de pós-graduação? Vou começar uma pós de 2 anos, mas as aulas são quinzenais, dá um total de 360 horas. Será que ele seria reconhecido pelo menos como um curso de 1 ano pela WES?

    • Paula Mello disse:

      Oi Mariana!
      Foi 360 horas também, era só aos sábados, durante um ano e meio.
      Acredito que a carga horária e duração sejam suficientes sim, o que nunca dá pra saber é se eles considerarão o curso válido como estudo acadêmico ou se vão considerar como estritamente profissional e não avaliarão. Isso só dá pra saber quando termina o processo de equivalência…

  9. Itinha disse:

    Oi, sabes dizer se eles aceitam o certificado e o histórico? Não emiti meu diploma ainda porém tenho o certificado de conclusão.

    Boa sorte tou sempre olhando o blog de vocês!

    • Paula Mello disse:

      Olá Itinha!

      Aceitam o certificado de conclusão com histórico sim! =)
      Justamente porque muitas instituições as vezes demoram mais de um ano pra emitir diploma… ¬¬

      Obrigada por acompanhar, logo vem mais post por aí! =D

  10. Diogo disse:

    Paula, bom dia.
    Preciso de uma ajuda sua.
    Como você fez com a pós-graduação? Sabe qual foi a carga horaria dela?
    A pós graduação que fiz teve 2 anos de duração (460horas) , mas não teve provas durante o curso, somente trabalhos intermediários e trabalho de conclusão.
    Já viu algum caso parecido e sabe se aceitaram? Não consegui achar nenhuma informação concreta de pós-graduação na internet.

    • Paula Mello disse:

      Olá Diogo! Bom dia!

      Então… Realmente é difícil precisar, porque não tem mesmo nenhuma informação concreta. Mas acredito que no quesito carga horária e duração esteja ok. Quanto a não ter provas, não faz diferença. Eles vão avaliar somente o seu histórico , onde constarão provavelmente as notas dos trabalhos que serviram para sua aprovação. Não há, até onde sei, nenhuma análise detalhada dos métodos de aprovação da faculdade, até porque no Canadá muitas faculdades preferem passar trabalhos como forma de avaliação.

      Agora, se vão validar ou não, vai depender da ementa, das matérias que constarem. Se considerarem 100% estudos profissionais, voltados pra mercado, não validam. Se considerarem acadêmico, validam. E ninguém sabe exatamente qual o critério pra um ou pra outro, pois não é divulgado.

      No fim das contas, só dá pra saber mandando. Mas vale a pena, já que apesar do custo salgado, é uma etapa obrigatória no processo de imigração e mesmo que você decida fazer College, vai ajudar também, até mesmo na inserção no mercado de trabalho lá.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! =)

  11. Marcus Vinicius Tito disse:

    Opa tudo bem? adorei o post!

    Gostaria de tirar uma dúvida quanto a esse seu “pulo do gato” rsrsrsrs…então, estou querendo fazer o mesmo com o meu histórico onde eu mesmo traduzo e irei mandar para a o diretor do curso. Acho q pode dar certo visto q a minha Universidade agora resolveu se fundir com uma rede americana(o nome é Laureatti Universities) enfim, talvez eles possam autorizar isso. Eu queria saber como vc fez a tradução? existe uma formatação padrão para traduzir? existe algum modelo na net para eu ver como se faz e eu fazer como o meu histórico???

    • Paula Mello disse:

      Olá, Marcus Vinicius! Então, o padrão só existe para traduções juramentadas, que só podem ser feitas por um tradutor juramentado, o que não somos.

      Dessa forma, o que fiz foi traduzir o meu histórico reproduzindo a mesma formatação do original. Facilitou inclusive pro meu Diretor comparar as versões e assinar. Agora, tem que estar bem seguro do seu inglês, tá? Pra não parecer pra WES que você usou um tradutor “tabajara”, o que pode comprometer a credibilidade do seu documento. Hehehe

      Obrigada pela visita e apareça mais vezes! =)

      • Marcus Vinicius Tito disse:

        Obrigado Paula pela ajuda!! Quanto a esse histórico irei copiar de uma colega minha que fez o mesmo curso na universidade e traduziu por um juramentador rsrsrsrs.

        Uma outra dúvida que tenho é que a minha Universidade não aparece na lista de instituições, como procedo nesse caso??? Engraçado ela n aparecer sendo que outras de porte menor existem por la.

        • Paula Mello disse:

          Olá Marcus Vinicius,

          Desculpe a demora hehehe.

          Então, nesse caso eu não sei como proceder. De repente, vale a pena tentar um contato por email… Mas não acho que seja impeditivo não.

          Boa sorte!

  12. Aine Xavier disse:

    Oi Paula,

    Ótimo post!
    Uma dúvida: você não colocou os três envelopes em um só? Será que não dá para inserir todos em um envelope e enviar?

    Obrigada,

    Aline

    • Paula Mello disse:

      Oi, Aline!

      Coloquei sim, os três juntos no envelope da Fedex. Só separei pq precisava estar lacrado pela Universidade. Mas pro envio foi tudo junto.

      Volte sempre que quiser! =)

  13. Nathalia disse:

    Bom dia!!

    Adorei o seu texto! Porém, ainda tenho uma pequena dúvida: se eu fiz a graduação de direito aqui no Brasil, existe alguma Pós ou MBA que eu possa fazer para ingressar no mercado de trabalho de lá? Porque a graduação infelizmente não serve, mas dependendo da escolha da pos ou mba talvez ajude!

    Obrigada pela atenção 🙂

    • Paula Mello disse:

      Obrigada, Nathalia!

      Então, essa questão é ampla e bem delicada… Não é que direito não sirva pro processo. Você pode equivaler seu diploma e isso te contará pontos para o Express Entry. A questão é que, como Direito é uma profissão regulamentada, é preciso, ao chegar no Canadá, revalidar o diploma, um processo bem chato mesmo.
      Se você está pensando em estudar mais, ótimo. Se tiver condições (e força de vontade, porque o caminho é árduo) de realizar o estudo já no Canadá, melhor ainda, pois isso com certeza te garante pontos a mais no Express Entry, além de poder aplicar pela categoria CEC, específica pra quem tem experiência canadense.
      Fazer a pós aqui no Brasil também pode ajudar, mas você vai precisar esperar até terminar, para só então dar entrada na equivalência e, como todo mundo diz, não é garantido que a WES vai reconhecer o seu estudo, e todo o esforço pode ir por água abaixo. As vezes vale mais esperar um pouco, guardar uma boa grana e partir logo pra realização do objetivo.
      Quanto ao curso, não sou a pessoa mais certa pra indicar. Acho que você precisa reavaliar se quer continuar na mesma carreira, se quer fazer uma faculdade de direito lá pra poder advogar, se quer mudar totalmente de área. E uma consultoria especializada pode te ajudar muito nesse processo, caso decida estudar no Canadá mesmo.
      A única área que sei que tem emprego é TI rsrsrsrsrs

      Boa sorte e volte sempre que quiser ao blog! 🙂

  14. Lana H disse:

    Oi Paula,

    Algumas dúvidas, por favor:
    – Você teve que pagar o valor de $233.91 cobrado pelo WES antes ou depois que você enviou os documentos por correios?
    – Se você fez pelo Express Entry, em qual etapa deste processo você estava enquanto resolvia a equivalência via WES?

    Obrigada 🙂

    Lana

    • Carla Machado disse:

      Lana, vc tem que pagar antes pra ter o código que vai no envelope pra eles se localizarem lá dentro.
      Vc só pode aplicar pro EE se tiver já a equivalência do WES.

    • Paula Mello disse:

      Oi Lana,

      – Eu paguei antes o valor. Tem que ser antes, senão não te dão seu número, que tem que constar em todos os envelopes que você envia, com diplomas e traduções.

      – Antes mesmo de fazer seu perfil no MyCic e entrar no Pool do EE, é preciso fazer equivalência no WES e prestar IELTS. Os dois números são obrigatórios para completar e submeter o perfil.

      Desculpe a demora, espero ter ajudado! =)

      • Carla Machado disse:

        Este numero que o WES te responde é o ECA#:? ( no canto superior à direita)?
        è só isso? Eu achei que eles iam me dizer o código da categoria que me enquadro..sei la!
        bjs

  15. Felipe Gaglianone disse:

    Boa noite Paula,
    Muito bom o site, parabens!
    Fiquei com uma duvida, quero validar meu diploma de graduação e pós, porem vendo o site oficial nao ficou 100% claro se tenho que enviar so os certificados e historicos da faculdade e da pós ou se preciso também enviar os do ensino médio. Você precisou enviar a documentação do Ensino Médio também?

    Obrigado!
    Felipe

  16. Thiago Maester disse:

    Boa tarde Carla,

    Demais suas dicas em todo o blog. Parabens!!!

    Fiquei com uma duvida, não sei vc ou outros leitores conseguem me ajudar.
    Tentarei validar a graduação e a pos. Pelo meu entendimento os documentos que devem ser enviados são esses, baseado nas suas informações e no site da WES.
    Você pode me dizer se foram esses documentos que você enviou, por favor?
    (Tirando o fato de que vc colocou tudo em um so envelope, mas minhas 2 faculdades ja disseram que não entregam o envelope lacrado.)

    Validção dos diplomas.

    copia autenticada do diploma da graduação – no meu envelope.
    copia autenticada da traducao do diploma da graduação – no meu envelope.

    copia autenticada do diploma da pos – no meu envelope.
    copia autenticada da traducao do diploma da pos – no meu envelope.

    historico escolar da graduação em envelope lacrado e assinada pela instituição – direto da instituição e com o academic records request form.
    copia autenticada da traducao do historico escolar da graduação – no meu envelope.

    historico escolar da pos em envelope lacrado e assinada pela instituição – direto da instituição e com o academic records request form.
    copia autenticada da traducao do historico escolar da pos – no meu envelope.

    Obrigado!
    Thiago Maester

  17. Robert disse:

    Paula, gostaria de saber como você lacrou os envelopes na faculdade. Usou cola simples?

    • Paula Mello disse:

      Olá Robert!

      Usei cola simples sim, e pedi que a faculdade carimbasse e assinasse na aba colada, por cima da cola mesmo, pra provar que não foi violado.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! =)

  18. Guilherme disse:

    Oi Paula, ótimo post!
    A pergunta do Robert é interessante. Também gostaria de saber.

  19. Diego disse:

    Olá Paula! Você entrou com os documentos na WES antes de preencher seu perfil no EE? Fiquei um pouco confuso quanto a isso! Obg! Muito bom o site todo!

    • Paula Mello disse:

      Olá Diego!

      Obrigada!
      É isso sim. Antes de colocar seu perfil no MyCIC, você precisa ter a nota do IELTS e a validação do teu diploma na WES, pois o sistema pede os números identificadores e não te deixa nem fazer o perfil sem. Além disso, para poder pedir pontos pela sua escolaridade você precisa já saber de antemão qual a equivalência dos seus estudos no Canadá.

      Volte sempre que quiser! 🙂

  20. Bianca disse:

    Olá Paulo, seu blog é maravilhoso!
    Porém estou com uma duvida, a faculdade que cursei não esta na lista dada pela wes! Existe algum meio?
    Obregada desde já

  21. Mari disse:

    Oi Paula! Parabéns pelo blog e pelos bons resultados que tiveram com o processo! hehe
    Os detalhes têm me ajudado bastante por aqui.

    A minha dúvida é: somente você fez a equivalência? Seu marido não?
    Pergunto pois li aqui em cima que você mandou somente os docs para a equivalência dos seus cursos. Como eu e meu noivo vamos aplicar juntos, gostaria de saber se podemos enviar pelo Fedex juntos (porém em envelopes separados) ou se necessariamente precisam ser dois envios separados no Fedex.
    Muito obrigada! Bjs!

    • Paula Mello disse:

      Oi Mari! Obrigada! =)

      Que bom que o blog tem ajudado, a intenção é essa mesmo!

      Sim, somente eu fiz a equivalência. Quanto a enviar envelopes separados em um único Fedex, creio que não há problema, conheço alguns casais que procederam desta maneira e deu tudo certo. Só redobrem a atenção com a organização nesse caso, pra não correr o risco de misturar os documentos de vocês.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! 🙂

  22. Sabrina disse:

    Olá Paula, td bem?
    Obrigada pelas informações, estou para enviar meus docs e do meu esposo para validação =)
    Gostaria de tirar uma duvida contigo a respeito de “a WES não valida estudos de High School (Segundo Grau), mas já vi validarem Técnico”…
    Você conhece alguém que conseguiu validar “colégio técnico” então? Ex: meu esposo tem um bacharelado em Eng. Mecânica, porem fez 4 anos do segundo grau (high school) + colégio técnico em macatronica, com histórico, diploma e tudo!
    De qualquer forma, irei enviar para ver o que da, obrigada!!

    • Paula Mello disse:

      Oi Sabrina,

      Envia sim, pode valer a pena! Eles não costumam validar nada que não seja superior, mas algumas pessoas que fizeram técnico separado do médio conseguiram. Como ele tem um bacharel e são até três diplomas vale a pena mandar. De toda forma, não conta como “dois ou mais diplomas”, porque o segundo diploma tem que ter sido obtido após a conclusão da faculdade. Mas pode ser útil na hora de procurar emprego lá, talvez.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! 🙂

      • Steh Amaral disse:

        Olá!
        Também tenho muitas dúvidas com relação a validação do diploma de curso técnico. Meu marido e eu temos cursos técnicos porém concluídos antes da graduação. Achei que poderia contar como “dois ou mais diplomas”. No site do cic não achei essa informação sobre o outro ser obtido depois da graduação. Sabe onde posso consultar essas “regras”, gostaria de entender melhor. Obrigada!!

        • Paula Mello disse:

          Olá Steh!

          Infelizmente, tem que ser depois da graduação. Curso técnico não conta. 🙁

          Obrigada pela visita!

          • Steh Amaral disse:

            Que pena! Termino minha pós esse ano mas como deu uma caída na nota de corte eu já queria adiantar…rs. O jeito vai ser esperar.
            Obrigada pela resposta!

  23. Fernanda Fernandes disse:

    Olá Paula,

    Vou começar a fazer equivalência dos meus diplomas e achei esse seu post ótimo para responder algumas dúvidas… estou ainda confusa, pois tenho q fazer por duas faculdades diferentes (uma particular e outra federal). Nem achei os tradutores ainda, entei no site da WES e achei o email de uma empresa em Toronto languages@costi.org e eles cobram 675 dolares por tudo, sem tax e no cartão de crédito.

    O problema está na federal, não há ninguém lá que saiba fazer esse tipo de procedimento.
    Vc disse q “lacrei e pedi que ele carimbasse e assinasse em cima da aba lacrada, na diagonal.”
    A faculdade lacrou mas foi vc mesma que fez o envio? Posso fazer isso? Pois achei q a faculdade que teria q enviar e eu pagasse por isso.

    Eu tenho meu histórico da minha época da Harvard, q está da maneira q vc falou e está lacrado até hj e com uma assinatura na diagonal. Tenho várias envelopes desse histórico lacrado, talvez seja da maneira q vc falou, pois eu nunca os abri. Mas para eu confirmar teria q te mostrar a foto do envelope por email.
    Seria possível eu falar contigo por email (fernandaff@gmail.com)?

    Atenciosamente,
    Fernanda Fernandes

    • Fernanda Fernandes disse:

      esqueci de escrever tbm minha outra dúvida é sobre essa assinatura na vertical, como é?

    • Paula Mello disse:

      Oi Fernanda,

      É isso sim, a assinatura pode estar na horizontal, vertical ou diagonal. Não faz diferença, desde que esteja assinado em cima do lacre, comprovando que não foi violado.
      O envio dos documentos, desde que o histórico esteja lacrado pela instituição, pode ser feito por você.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser!

      • Fernanda Fernandes disse:

        Acho q enviarei tudo mesmo, as traduções juramentadas serão enviadas pelo tradutor que mora em Toronto.
        Vc autenticou todas as xerox, histórico e diploma?? Ou só o Diploma?

  24. monica disse:

    Paula, desde já agradeço pelas valiosas informações!!! Surgiu a dúvida sobre os custos dessas traduções juramentadas e com relação aos históricos, devemos enviar os originais e os diplomas, cópias.. seria isso?

  25. Eric de Col Sales disse:

    Olá Paula, adorei o post mas tenho uma dúvida, eu atualmente tenho trabalhado muito numa startup e não consegui frequentar uma materia na faculdade. Tenho medo de deprovar nessa unica matéria por faltas. Isso afeta na hora de validar o diploma? Atualmente curso sistemas de informação.
    Obrigado e continue com esse blog que ta fantástico <3

    • Paula Mello disse:

      Olá Eric,

      Geralmente, as reprovações não vão constar do seu histórico final, que é entregue quando você se forma. Esse vai ter apenas as disciplinas concluídas e a nota final. De toda forma, não acredito que afete não, pois até onde sei a equivalência de diploma analisa apenas a ementa das suas matérias e não necessariamente o aproveitamento. Mas claro, sempre é bom confirmar com a instituição, quando chegar a hora de fazer.

      Obrigada pela visita e pelo elogio! Volte sempre que quiser! 🙂

  26. Georgia disse:

    Paula, fiquei um pouco confusa. Eu e meu marido já havíamos feito tradução juramentada de nossos históricos e diplomas em uma instituição do RJ, mas quando entrei no site ele indica um lugar para essa tradução. A minha tradução é aceita ou ela tem que ser feita por essa instituição gringa?

    p.s: talvez eu tenha “comido mosca” nas explicações, mas já adianto que os posts de vocês tem ajudado MUITO nos esclarecimentos! Parabéns pela iniciatvia e conquista! Morei por quase 2 anos na Califórnia e compartilho esse sentimento de vcs. Queria muito me sentir “acolhida” assim no Rio, mas infelizmente está muito difícil.

  27. Eliane disse:

    Oi, Paula! Adorei o seu post!!
    Você teria uma dica de como conseguir o histórico no envelope lacrado de uma universidade em outro estado?
    Obrigada!

    • Paula Mello disse:

      Olá Eliane!

      Infelizmente, não se dizer. Sempre estudei no Rio, onde nasci. Talvez entrando em contato anteriormente e depois indo até lá, vai depender muito dos procedimentos da sua faculdade.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

  28. Roberto Paiva disse:

    Olá, estou tendo problemas com o WES, pela segunda vez envio meu histórico completo, e eles não aceitam, alegam que não está completo, já não sei mais o q fazer pois já viajo em janeiro, e há dois meses estou nessa briga, aceitaram meu diploma, a tradução, a cópia da tradução do histórico, mas dizem que o histórico está incompleto, pra ajudar a universidade está entrando de recesso, caso alguém tiver uma experiência parecida será bem vinda qualquer dica.

  29. Naiandra Dittrich disse:

    Olá! Parabéns pelo site! Tem sido muito útil! Mas gostaria de tirar uma dúvida referente a validação
    pelo WES. Vocês enviaram apenas o histórico ou é preciso enviar a ementa das disciplinas também?
    Obrigada!

  30. Simone disse:

    Estou adorando o blog de vocês, tudo muito bem detalhado!!
    Fiquei com uma dúvida com o formulário da WES – você enviou o academic records request form em português ou em inglês (ou os dois)? E esse formulário foi colocado junto com o histórico original, assinado e lacrado pela faculdade? Obrigada!

  31. Ide Scotton disse:

    Ola bom dia..
    M3u filho mandou ps documentos p a wes dia 11/02 e chegou dia 18/02 gostaria de saber se vc sabe qual o prazo p devolver a validação ou se eles tbm mandam por email. .
    Obrigada

  32. Mariel Lopes disse:

    Oi Paula!!
    Queria saber se você pode me tirar uma dúvida (com base na sua experiência com essa equivalência de diplomas) a respeito das informações que devem constar no histórico (no meu caso, da graduação e pós graduação). Se mais alguém estiver lendo aqui e souber ajudar, muito obrigada também!

    Minha primeira dúvida é sobre o histórico da pós-graduação: o documento deve conter cada uma das matérias cursadas e o ano em que foi cursada, com a nota junto?! Ou basta o ano de início e término da pós-graduação com as matérias e notas?!

    Segunda: minhas notas da graduação estão em menções, modelo que é adotado aqui em Brasília (MM, MS, SS…). Existe alguma adaptação que deve ser feita das menções para notas com números, ou é tranquilo enviar os documentos assim mesmo?!

    Mais uma vez, muito obrigada!! 🙂

    • Paula Mello disse:

      Oi Mariel!

      Não sou especialista no assunto, mas acho que no geral o ideal seria colocar como números mesmo, pra ficar mais universal e fácil de entender, de forma que a WES entenda que você cursou as matérias e foi aprovada. Quanto ao histórico da pós, sim. Ele deve conter as disciplinas separadas por periodo, com carga horária, notas e data em que cada uma foi cursada. Isso é bem importante pra eles determinarem a duração equivalente do seu curso.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser! 🙂

  33. Thyago Castro disse:

    Olá Paula.
    Em primeiro lugar parabéns pelo tópico.
    Estou procurando a dias informações mais detalhadas sobre Pós graduação e MBA e aqui foi o local que transmitiu mais segurança sobre a informação.

    Gostaria da sua percepção sobre um ponto:

    Mesmo sabendo que o resultado da WES, em geral, não pode ser presumido, gostaria de saber se o MBA em comércio Exterior (18 meses)s seria aceito como segunda graduação, ou se cairia naquela lista de cursos exclusivamente voltados para o mercado, sendo portanto desconsiderado.

    Caso você tenha alguma dica ou direção a seguir para validar esta informação eu peço que compartilhe por favor.

    Muito obrigado e mais uma vez, parabéns pelo excelente trabalho com o Blog.

    • Paula Mello disse:

      Olá Thiago! Obrigada! =)

      Que bom que o blog está ajudando, a intenção é essa mesmo. Quanto ao MBA, infelizmente não tem mesmo como saber. O que sei são alguns casos de pessoas que tentaram e não conseguiram, com MBAs como Gestão de Projetos e Gerência de Empresas. Só dá pra saber mandando mas, na minha opinião, pra quem está pensando a sério na imigração o gasto se justifica, pois você vai precisar disso pro seu perfil no EE de qualquer jeito.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser!

  34. Renata disse:

    Oi Paula, tudo bem?

    Uma dúvida surgiu: a tradução juramentada do seu diploma e histórico escolar, você tirou uma cópia e autenticou no cartório?

    Obrigada (:

    • Paula Mello disse:

      Oi Renata!

      Não autentiquei nenhuma cópia, com exceção do meu diploma da pós, pois eu já precisava autenticar no cartório o original mesmo.
      A tradução juramentada já é um documento oficial, a cópia simples dela serve.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

  35. Debora disse:

    Olá Paula!
    Obrigada pelo post, muito esclarecedor!
    Estou com algumas dúvidas. Qual é esse formulário WES ao qual você se refere? Você conhece alguém que tenha feito mestrado fora e feito esse processo? Estou com muitas dúvidas em relação a isso. Fiz minha graduação no Brasil e mestrado no exterior, com bolsa Erasmus Mundus (Portugal / Espanha / França). Consegui validação do meu mestrado pela UNB, e somente o curso de Portugal já valeria como um mestrado completo. O problema é pedir que a universidade de lá faça o envio do histórico, alguma sugestão?
    Beijos

    • Paula Mello disse:

      Oi Débora!

      Seu caso é bem específico, infelizmente nunca encontrei nenhum parecido… Talvez precise contar realmente com a boa vontade da instituição. O formulário, na época que fiz, ficava no site da WES mesmo, é um formulário que pode servir para ajudar a instituição a entender que documentos tem que fornecer e por que. Não se preocupe muito com ele pois não é obrigatório.

      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser. 🙂

  36. FREDERICO BARBOSA BEZ BATTI disse:

    Oi Paula, primeiramente obrigado pelo post já ajudou bastante. Porém tenho uma duvida quanto ao endereço. No formulario que preencho junto com a faculdade aprece um endereço de envio americano. Já no processo de cadastro aparece um endereço de envio canadanse. Para qual endereço voce enviou seus evelopes? Obrigado

  37. LiLi disse:

    Oi Paula,
    desculpe a pergunta “idiota” mas já li, li, li e não consigo achar a resposta.

    Então o histórico que a faculdade irá enviar deve ser ORIGINAL? Já tenho meu histórico da época da formação mas é preciso então solicitar outro na faculdade? Para não perder o meu original claro… Não posso apenas tirar uma cópia do original, levar na faculdade e pedir para eles selarem?
    Obrigada!

    • LiLi disse:

      Acho que aqui está a resposta : “o jeito foi pegar o histórico original, fazer uma cópia colorida, autenticar em cartório (já ia levar as cópias dos diplomas mesmo, foi tudo numa leva só) e levar eu mesma a cópia autenticada e colorida pro Diretor de Graduação assinar.”

      Ufa! Minha faculdade não existe mais então uma segunda via do histórico será impossível. A única forma que eu conseguirei enviar o envelope lacrado é porque a funcionários da antiga faculdade estão disponibilizando essa ajuda para os alunos, com carimbo, assinaturas em uma base deles, obrigados pelo MEC parece.
      Fruto daquele caso triste que aconteceu no Rio com o descredenciamento das faculdades Gama Filho e UniverCidade.

      Se isso funcionou para você, acho que vou pelo mesmo caminho…e resolver isso já!
      Obrigada!

    • Paula Mello disse:

      Oi Lili!

      Pode autenticar uma copia sim, mas além de autenticar em cartório, leva pra faculdade carimbar sua copia e assinar no selo do envelope lacrado, assim ele se torna “aceitavelmente original” pra WES. Pelo menos o meu foi hehe

      • Lili disse:

        Oi Paula, passando pra dizer que tudo funcionou e consegui a equivalência de Two or more certificates (era o que eu queria mesmo)! 🙂

        Só passando pra dizer pro pessoal também que não enviei nenhuma cópia autenticada. Apenas as cópias simples dos documentos + as traduções juramentadas. Deu certo! 🙂

  38. Marilia disse:

    Olá, Paula! Tudo bem? 😀

    Estou adorando o site. Meus parabéns! Ótimas dicas!
    Estou com algumas dúvidas que gostaria esclarecer com você:

    1) A pós precisa estar diretamente à área do bacharelado?
    2) Quanto tempo demorou para arrumar toda a papelada (idas e vindas de documentos) até o momento da inscrição no EE?
    3) No site do WES, naquele teste de equivalência, para ver sobre a pós, eles apenas tem as opções: Bacharelado, Licenciatura, Título Farmacêutico, Cirurgião dentista…. a maioria da área de biológicas e todos títulos. Nada tem sobre pós-graduação mesmo. Você sabe se é bug do site mesmo? (ou eu que estou perdida ainda no processo hehe)
    https://www.wes.org/ca/preliminary/poe.asp
    4) É possível se candidatar para o PNP estando no Brasil? Ou é preciso ter feito algum curso outr trabalhado lá no Canadá?

    Muito obrigada!

    • Paula Mello disse:

      Oi Marilia! Vamos por partes… rs

      1) Então, não precisa não… Como na nova regra do EE, qualquer área vale, desde que NOC 0, A ou B, tanto faz o que estudou.
      2) Levamos uns bons 6 meses pra arrumar a papelada toda antes de nos inscrevermos (IELTS, WES, financeiro e cartas de emprego do aplicante principal) e mais uns bons 45 dias depois do ITA pra documentos bancários, Uniao Estavel canadense, traduções juramentadas etc.
      3) No teste de equivalencia da WES, infelizmente, vc so vai encontrar as opções mais básicas. Não tem pós lá, mas eles podem sim validar, não é garantia, mas a minha foi validada e de outras pessoas que conheço também.
      4) O PNP que conheço bem é o de Ontário, pra esse não precisa estar no Canadá não. Quanto aos outros PNPs, não conheço bem, mas sei que existem sim mais algumas províncias em que o processo é feito online e você não precisa estar no Canadá pra ser selecionado.

      Obrigada pela visita! 🙂

  39. Milene disse:

    Olá, Paula! Parabéns pelo post, me tirou várias dúvidas 🙂

    Estou avaliando se sou uma boa candidata para o Express Entry e tenho uma pós-graduação na área tributária, entretanto fiz à distância. Sabes me dizer, pela tua experiência, se posso conseguir a equivalência com um diploma desse tipo (ead), e se os cursos dessa área costumam consegui-la?

    Obrigada!

    • Paula Mello disse:

      Obrigada Milene! Pode sim, até porque acho que o diploma não vem escrito que foi a distancia, vem? De toda forma, desde que vc tenha os documentos (certificado e histórico com carga horária) suas chances são as mesmas de qualquer outro curso. Aí vai depender da avaliação da WES. Obrigada pela visita e boa sorte com o processo!

  40. Renata disse:

    Oi! Tenho uma dúvida: fiz minha pós-graduação em Marketing Management no Canadá. Preciso fazer o ECA do bacharelado de Comunicação Social feito no Brasil?

    • Paula Mello disse:

      Boa pergunta Renata… Acho (mas e achismo) que se a sua pontuacao so com a pos e a experiencia canadense ja atinge os pontos nao precisa. Nao e obrigatorio fazer o ECA, ele so acrescenta pontos. Se voce precisar dos pontos por “duas ou mais graduacoes de nivel superior” talvez precise… Mas nao sei como fica no seu caso, pois provavelmente a instituicao canandense ja fez essa equivalencia…

      Gostaria de poder ajudar mais, mas realmente nao conheco essa area.

      Obrigada pela visita! 🙂

  41. Ricardo disse:

    Olá, obrigado pelas informações muito 10.

    Tenho dúvidas..
    Meu motivo inicial de validação de diploma é apenas trabalho e uma eventual pós. Fiz o cadastro no site da WES porém não tenho certeza de realmente estar correto.

    Como logo estarei em Toronto, planejo levar os envelopes (da faculdade e meu) e encaminhar pra Wes já estando lá, (ou até mesmo levar pessoalmente, se for possível) para evitar gastos de envio daqui do Brasil.

    Vc sabe se existe alguma restrição quanto a isso?

    E depois posso alterar meu endereço do cadastro pra receber os documentos lá?

    Ainda…
    Cadastrei a opção: Standard Mail via Canada Post (CDN. $7), é isso mesmo?

    Resumo ficou assim.: Order Summary:
    Educational Credential Assessment Package $200.00
    Delivery Option: Standard Delivery $7.00
    Harmonized Sales Tax (HST) 13%: $26.91
    Total Cost: $233.91

    Se puder explicar melhor essa parte agradeço muito..

    • Paula Mello disse:

      Oi Ricardo,

      Seu caso é bem específico. O standard delivery é só o meio que eles vão usar pra enviar o documento da validação pra você, não tem a ver com o meio que você usará pra enviar os documentos. Se preferir, até onde sei, não existe restrição quanto a enviar de dentro do Canadá.

      Obrigada pela visita e muito boa sorte aqui em Toronto! 🙂

  42. Janaina disse:

    Oi Paula! O seu blog é otimo! Obrigada pelas dicas! 😀

    Meu marido acabou incluindo a tradução do histórico no envelope lacrado pela universidade, juntamente com o formulário.. Você acha que sera um problema??

  43. Daiane disse:

    Nossa, enfim, achei algo explicando sobre o envio da documentação, eu estava com essa dúvida de como seria esse envio pela faculdade.. pois bem: eu tenho as vias dos documentos (histórico e diploma), já posso então, adiantar e pedir uma tradução juramentada em cima deles, certo? Além disso, tenho que ter a via (uma nova original, certo?) que saí de dentro da faculdade, assinada e carimbada num novo envelope, né? Dentro desse envelope deve conter também o formulário padrão da WES que preencho para solicitar as novas vias, é isso? Fiquei com essa dúvida.

    Agora uma dúvida além, para a equivalência dos diplomas, não preciso enviar nenhum documento pessoal, certo? Somente os históricos escolares e diplomas (meu caso é o mesmo que o seu, uma faculdade publica de tecnologia e uma particular de bacharel), correto? Porque li algumas pessoas falando que enviaram a certidão de nascimento e RG junto, mas não achei essa informação no site da WES.

    Adorei seu texto, muito bem explicado, obrigada.

    • Paula Mello disse:

      É isso, Daiane.

      Nenhum documento pessoal é necessário, pelo que me lembro. Só confira muito bem seu nome completo hehe
      Obrigada pelos elogios.

      Boa sorte 🙂

  44. Daiane disse:

    Paula, outras dúvidas que surgiram, entrei em contato com a faculdade e ela não emite segunda via de DIPLOMA senão a primeira via (que está comigo) perde a validade, pode ser cópia autenticada do diploma no envelope da faculdade? O histórico eles emitem sem problemas…

    Outra coisa, sou tecnologa pela FATEC, porém, o curso de tecnologia nao aparece coo opção no site da WES (WES Degree Equivalency Tool: https://www.wes.org/ca/preliminary/poe.asp) mas a faculdade tem na lista, como faço a simulação desse curso? Quanto a outra formação, de engenharia, tem a na lista o curso mas não tem a instituição de ensino (!), tem algum problema nisso? Liguei na instituição para saber se em algum momento tiveram outro nome mas ainda assim não aparece na lista..

    • alpha disse:

      Achou algo Daiane?

    • Paula Mello disse:

      Oi Daiane,

      Nem todos os cursos e faculdades aparecem na lista, o meu não aparecia e foi validado. Tem que mandar e torcer mesmo.
      Eu fiz isso quando a faculdade não quis emitir segunda via. Tirei cópia autenticada do histórico e pedi que a faculdade carimbasse, assinasse, colocasse no envelope lacrado, carimbasse e assinasse o envelope. Funciounou bem.

      Boa sorte! 🙂

  45. alpha disse:

    Achou alguma informação Daiane?

  46. Ana disse:

    Oi Paula, adorei as postagens, muito uteis!!!
    Os certificados da Microsoft dão alguma pontuação no Express Entry?

  47. Milene disse:

    Oii, Paula! Muito bom esse post! Parabéns!

    Vou iniciar uma pós de 1 ano para ganhar pontos no Express Entry. Vou fazer Administração Estratégica ou Administração de Pessoas (tenho preferência pelo segundo), mas tenho receio da WES não aceitar meu curso, já que não conheço ninguém que tenha tentado com eles. Vou fazer na Uniasselvi e sei de pessoas que realizaram cursos nessa escola e conseguiram a equivalência, mas eram de outras áreas. Pela tua experiência, sabes me dizer se preciso me preocupar mesmo ou uma pós dessas tende a não dar problemas? Sei que se tratando de equivalência não há como ter certeza de nada, mas queria ter mais segurança quanto possível na minha escolha e, no momento, tô meio insegura :/

    Obrigada pela atenção 😀

    • Paula Mello disse:

      Oi Milene,

      Infelizmente, não dá pra ter certeza porque eles não liberam os critérios de avaliação ou uma lista dos cursos avaliados. Mas desde já, não te aconselho a fazer uma pós só pra imigrar, a não ser que queira fazer no Canadá, claro. Faça uma pós que faça sentido pra sua carreira e, se ela for aceita na equivalência ótimo. Mas não o contrário.

      Obrigada pela visita e boa sorte 🙂

  48. Lucianna disse:

    Bom dia, uma dúvida sobre graduação a distância.
    É possível validar uma graduação EAD, autorizada pelo MEC no Brasil?
    Muito obrigada

    • Paula Mello disse:

      Oi Luciana,

      É sim. Até onde sei, não tem diferença no diploma e o WES não tem restrição a cursos a distância. Você só precisa da documentação toda certinha, especialmente o histórico com as datas e carga horária das matérias.

      Boa sorte 🙂

  49. Samuel Santos disse:

    Ótimo post! Vi vários vídeos no youtube, mas nenhum chega nem perto do que foi descrito por você! Só uma duvida! O formulário que vai junto do histório enviado pela faculdade tem em português e inglês, vc envio em qual língua?

    • Paula Mello disse:

      Obrigada, Samuel 🙂

      Se não me engano, enviei em português, para que as pessoas que estavam assinando conseguissem ler do que se tratava.

      Obrigada pela visita!

  50. DENISSON DE CARVALHO BOUÇAS disse:

    Oi Paula, parabéns pelo post!!!
    Fui fazer uma simulação no WES e a minha instituição (Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro) não consta na listagem, fiz o curso de Tecnologia em Informática. Ela foi descredenciada em 2014 pelo MEC, junto com a Gama Filho, não sei se acompanhou esse caso. Você ja se deparou com essa situação? Tem alguma dica?

    • Paula Mello disse:

      Oi Denisson,

      Nem todas as instituições constam desse self assessment da WES. Mesmo assim, eles vão considerar a documentação e validar se for o caso. Não dá pra saber se vão equivaler seu curso até mandar pra eles e eles avaliarem, infelizmente.

      Obrigada pela visita,
      Paula

  51. Amaury disse:

    Olá Paulo hoje estou indo na faculdade e muito boas as dicas agora, só um dúvida o diploma também alem do histórico e deve ter uma via em inglês também? resumindo estou usando a WES também, o histórico eu tenho o original em português tanto diploma, ambos precisa de uma via em inglês certo? sendo que devem ser carimbada e assinada pelo direto da instituição.
    Obrigado desde já!

  52. Nathalia disse:

    Oi, Paula!

    Parabéns pelo post!

    Você sabe dizer se o WES valida curso técnico e curso tecnologo na área de TI?

  53. Andressa disse:

    Olá Paula, parabéns pelo Blog! Tenho lido todos os dias um pouquinho. 🙂
    Eu e meu marido queremos aplicar para o EE e estamos bem apertados na pontuação. :/
    Uma dúvida que talvez você possa esclarecer. Tenho duas graduações. Quando simulo o CRS tenho que colocar que tenho 2 or more certificates certo? As duas graduações são de Bacharel. Não tenho pós. 🙁

  54. Amaury disse:

    Paula, Bom Dia!!

    Queria compartilhar que já chegou no Canadá meus doctos, no caso foi enviado dentro do envelope da Metodista carimbado e lacrado: Histórico em Inglês e Português mais Diploma em Inglês e Português todos foram a cópia autenticada os originais estão comigo e no caso minha faculdade metodista não cobrou nada, pois o papel deles foi apenas validar meu diploma e histórico em inglês por sorte consegui a mesma reitora que assinou meu diploma em português =).

    Agora esperar a WES confirmar o recebimento e chegar se Deus quiser a validação rsrs.

    Caso precisarem de tradutor juramentado segue o contato do que eu fiz no meu caso ficou 395,00 reais para converter o diploma e meu histórico para Inglês.

    Luiz Leal – luizleal17@yahoo.com
    (11) 95777-1795

    Está localizado em Santo André. E o prazo dele foi super rápido foram dois dias úteis para fazer o trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *